Últimas Análises e Comentários

O Irã Amplia a sua Presença na América Latina

por Majid Rafizadeh  •  5 de Fevereiro de 2023

O regime iraniano usa a América Latina como santuário ao mesmo tempo em que amplia a sua presença e as células terroristas na região. À medida que as manifestações continuam no Irã, as autoridades do regime iraniano procuram obter passaportes e asilos de países latino-americanos, principalmente da Venezuela. Foto: o presidente venezuelano Nicolás Maduro com o líder supremo do Irã, Aiatolá Ali Khamenei, em 22 de outubro de 2016, em Teerã. (Fonte: khamenei.ir)

Uma das cruciais ameaças à paz e à segurança nacional dos EUA é o aspecto em que usa a América Latina como santuário, ao mesmo tempo em que amplia a sua presença e as células terroristas naquela região.

À medida que as manifestações continuam no Irã, as autoridades do regime iraniano procuram obter passaportes e asilos de países latino-americanos, principalmente da Venezuela, na soleira da porta dos Estados Unidos.

Segundo um recente relatório:

Continue lendo o artigo

Censura, Vigilância em Massa e Bugs: Fórum Econômico Mundial x O Mundo Livre

por J.B. Shurk  •  28 de Janeiro de 2023

Eles podem até viajar em jatos particulares, mas no frigir dos ovos, o complô do Fórum Econômico Mundial é simplesmente a maior concentração de bandidos que o crime organizado já conseguiu reunir no mesmo espaço, orquestrando os mais eficientes esquemas já concebidos para forçar corpos sociais que antes eram livres a fazerem exatamente o que eles querem. Foto: Klaus Schwab fundador do FEM discursa em Davos, Suíça, em 23 de maio de 2022. (Foto: Fabrice Coffrini/AFP via Getty Images)

O Fórum Econômico Mundial "Império Esmaga Nações" parece um desmanche que roubou peças das piores ditaduras do mundo para criar o monstro Frankenstein da "cultura Woke". Roubou a propensão dos astecas para o sacrifício humano para espantar o mau tempo, o amor dos comunistas chineses pelo controle total e a erradicação da cultura tradicional, a íntima parceria dos fascistas italianos com monopolistas corporativos e a crença dos nazistas alemães numa "raça superior", principalmente para que as celebridades, banqueiros, capitalistas cupinchas e chefões que se reúnem em Davos e em outros lugares aplaudam suas próprias realizações e implementem o "plano mestre", que o FEM chama carinhosamente de "O Grande Reset."

Continue lendo o artigo

A Guerra por Oito Bilhões de Mentes

por J.B. Shurk  •  15 de Janeiro de 2023

Esta é uma nova modalidade de guerra contra os civis pelo controle de suas mentes. Os governos estão cada vez mais recorrendo ao controle das "narrativas" públicas e à vilificação da divergência. (Imagem: iStock)

Dos grandes perigos que enfrentamos hoje em dia fazem parte: governos centralizados que microadministram a sociedade, a crescente perspectiva de guerra global, a crescente perspectiva de rendição forçada e a substituição do debate racional e da liberdade de expressão por "narrativas" e censuras sancionadas pelo estado: a governança totalitária, ao que tudo indica, não está lá nos confins. Trata-se de uma nova modalidade de guerra contra os civis pelo controle de suas mentes.

Continue lendo o artigo

A Morte do Cristianismo em Belém

por Raymond Ibrahim  •  8 de Janeiro de 2023

Por que a perseguição aos cristãos em Belém e outras áreas controladas pela Autoridade Nacional Palestina não é relatada ou subnotificada? "Os ataques de muçulmanos contra os cristãos não são, via de regra, levados a sério pela comunidade internacional e pela mídia, que ao que tudo indica, só se manifestam quando acham um jeito de culpar Israel," de acordo com o jornalista Khaled Abu Toameh. Foto: A Igreja da Natividade em Belém. (Foto: Hazem Bader/AFP via Getty Images)

Depois de comprovar que "houve uma escalada nos ataques por motivos religiosos perpetrados por muçulmanos palestinos contra cristãos em Belém", um relatório de 21 de novembro mostra algumas ocorrências:

"pouco mais de duas semanas atrás, um muçulmano foi acusado de assediar jovens cristãs na Igreja Ortodoxa dos Antepassados em Beit Sahour, perto da cidade de Belém. Na sequência, a igreja foi atacada por uma enorme turba de vândalos palestinos que atiraram pedras contra a igreja enquanto os fiéis se encolhiam de medo no interior dela. Vários devotos ficaram feridos."

A Autoridade Nacional Palestina, responsável pela segurança do local, ficou de braços cruzados.

Em outubro, homens armados não identificados dispararam tiros contra o Bethlehem Hotel, depois que um vídeo postado nas redes sociais associou o hotel a uma exibição que incluía recortes de papelão de uma Estrela de Davi e uma Menorá...

Ninguém foi preso.

Continue lendo o artigo

China Opera Delegacias Ilegais Mundo Afora

por Judith Bergman  •  1 de Janeiro de 2023

(Imagem: iStock)

A China montou pelo menos 54 delegacias de polícia no exterior em 30 países, entre eles os Estados Unidos (Nova York), Canadá, Espanha, Itália, França, Holanda, Reino Unido, Hungria, Portugal, República Tcheca, Brasil, Argentina e Nigéria, de acordo com um recente relatório da Safeguard Defenders, uma ONG de direitos humanos. A maioria dessas delegacias está localizada na Europa, sendo nove nas principais cidades espanholas, quatro na Itália e três em Paris, entre outras.

Segundo Peter Dahlin, diretor da Safeguard Defenders, estas são meramente a ponta do iceberg:

"temos plena convicção de que elas são bem mais numerosas, dado que pertencem a duas jurisdições apenas, Fuzhou e Qingtian, de onde vem a maioria dos chineses da Espanha. A própria China admite que lançou o projeto há dez anos. De modo que, provavelmente, há cinco vezes mais."

Continue lendo o artigo

Administração Biden e a Ilusão de Dois Estados

por Bassam Tawil  •  28 de Dezembro de 2022

Os resultados de várias pesquisas de opinião pública, incluindo a mais recente, mostram o que a maioria dos palestinos quer: matar mais judeus e varrer Israel do mapa. A intensificação da ascensão da popularidade do Hamas entre os palestinos é um claro sinal de que a maioria deles se identifica com o objetivo do grupo islamista de destruir Israel. Foto: Homens armados do Hamas desfilam em caminhões com foguetes em uma rua em Khan Yunis, sul da Faixa de Gaza, 27 de maio de 2021. (Foto: Thomas Coex/AFP via Getty Images)

Dias depois que Antony Blinken, secretário de estado dos EUA, reafirmar o compromisso da Administração Biden à "solução de dois estados", os palestinos responderam repetindo sua rejeição à ideia e de que eles apoiam a realização de mais atos terroristas contra Israel.

A resposta palestina veio por meio de uma pesquisa de opinião pública publicada em 13 de dezembro pelo Palestinian Center for Policy and Survey Research e por declarações do Hamas, grupo islamista palestino, que controla a Faixa de Gaza.

O levantamento descobriu que 69% dos palestinos acreditam que a "solução de dois estados" não é mais viável nem prática. Outros 72% acreditam que as chances de criação de um estado palestino ao lado de Israel nos próximos cinco anos são mínimas ou inexistentes.

Continue lendo o artigo

As Confusões que estão Ocorrendo na Bélgica Durante a Copa do Mundo: Símbolo do Fiasco da Política Migratória

por Alain Destexhe  •  11 de Dezembro de 2022

Houve violentos confrontos na Bélgica depois do jogo entre Marrocos e Bélgica na Copa do Mundo no Catar. Em Bruxelas os marroquinos superam os de origem belga que se encontram na faixa etária inferior a 18 anos. Enquanto em outros lugares da Europa há um debate acalorado em torno da imigração e da integração, na Bélgica é como se o país tivesse jogado a toalha, aceitando o destino de um país multicultural de maioria muçulmana na capital e de tempos em tempos se resignando com o "novo normal" moldado em violentos distúrbios urbanos, tiroteios e ataques terroristas. Foto: policiais trabalham para limpar a rua em meio a violentos distúrbios, 27 de 11/ de 2022, Bruxelas, Bélgica. (Foto: Nicolas Maeterlinck/Belga/AFP via Getty Images)

Houve violentos confrontos na Bélgica depois do jogo entre Marrocos e Bélgica na Copa do Mundo no Catar.

Os violentos distúrbios aconteceram em Bruxelas, Antuérpia e Liège, onde uma delegacia de polícia foi atacada por cerca de 50 "jovens", a baderna também tomou conta de várias cidades da Holanda. Além desses incidentes, o júbilo popular nos bairros predominantemente marroquinos de Bruxelas, especialmente em Molenbeek, revelou que nessas regiões a identidade marroquina continua muito mais forte do que a belga, muito embora a maioria dos habitantes tenha dupla nacionalidade.

É preciso ser cego e tentar encaixar a realidade na ideologia do "viver junto a todo custo" para não enxergar que a afeição dos marroquinos da Bélgica é com o time marroquino e não com o time de sua "segunda pátria". Alguns jornalistas até que tentaram, com manchetes do tipo: "não importa quem vença Bélgica ou Marrocos, será uma festa do mesmo jeito".

Continue lendo o artigo

A Aliança Russo/Turca Será Danosa ao Ocidente

por Burak Bekdil  •  4 de Dezembro de 2022

Os céus da Turquia continuam abertos para as companhias aéreas russas e as portas permanecem abertas para centenas de milhares de russos e o dinheiro deles. As exportações da Turquia para a Rússia estão decolando. Foto: presidente russo Vladimir Putin com o presidente turco Recep Tayyip Erdogan na cúpula dos líderes da Organização de Cooperação de Xangai em Samarcanda, Uzbequistão, 16 de setembro de 2022. (Foto: Alexandr Demyanchuk/Sputnik/AFP via Getty Images)

Caso eles tivessem se encontrado na qualidade de presidentes de outros países, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan e o presidente russo Vladimir Putin provavelmente iriam se odiar. Historicamente, os islamistas turcos odiaram tanto a Rússia czarista quanto a soviética. Na mesma linha, os russos jamais gostaram dos turcos. Hoje, porém, Erdogan, com um pé na OTAN, arrasta a asa pró-Rússia de um jeito nunca visto antes. Qual é o segredo desse prepotente casamento?

A Turquia se recusou em aderir às sanções do Ocidente contra a Rússia em decorrência da situação na Ucrânia, jogando assim uma tábua de salvação para Putin. Os céus da Turquia continuam abertos para as companhias aéreas russas e as portas permanecem abertas para centenas de milhares de russos e o dinheiro deles. As exportações da Turquia para a Rússia estão decolando. Somente em julho, as exportações para a Rússia dispararam vertiginosamente: 75% em relação ao ano passado.

Continue lendo o artigo

O Jogo Duplo do Catar: Financiar Islamistas e Fingir ser Aliado dos Estados Unidos

por Khaled Abu Toameh  •  3 de Dezembro de 2022

Os líderes do Hamas estão usando o Catar como plataforma para o chamamento para a destruição de Israel. No entanto, não parece que os governantes do Catar nem seus aliados no Ocidente, incluindo os EUA se incomodam com isso. Estamos falando daquele mesmo Catar cujos líderes afirmam que condenam quaisquer atos de terrorismo e de extremismo violento. Foto: Ismail Haniyeh, chefe da divisão política do Hamas, discursa em um comício em Doha, Catar, em 15 de maio de 2021. (Foto: Karim Jaafar/AFP via Getty Images)

O recente encontro ocorrido em Doha, no Catar, entre o grupo palestino Hamas e o Talibã do Afeganistão foi mais um exemplo do jogo duplo do Catar em abrigar e patrocinar extremistas islâmicos e concomitantemente fazer de conta ser aliado dos EUA e de outros países do Ocidente.

O encontro que teve lugar em 26 de outubro, contou com a presença de Ismail Haniyeh, líder do Hamas que, juntamente com outras autoridades do grupo islamista, foi se relocando nos últimos anos da Faixa de Gaza para o Catar.

No ano passado, Haniyeh, agora sediado em Doha, de pronto telefonou para os líderes do Talibã para " felicitá-los" com respeito à "derrota da ocupação americana no Afeganistão". Haniyeh salientou que o Hamas vê a retirada dos EUA do Afeganistão como prenúncio da eliminação de "todas as forças da injustiça", em especial Israel.

Continue lendo o artigo

Laços Perigosos: Rússia e os Mulás do Irã

por Majid Rafizadeh  •  26 de Novembro de 2022 13:41

(Imagem: iStock)

O regime iraniano, impunemente, está fornecendo armas e tropas para a Rússia. O que os mulás que governam o Irã estão recebendo em troca?

Em primeiro lugar, o establishment teocrático do Irã corre contra o tempo para cruzar o limiar nuclear a fim de se tornar um país abastecido com armas nucleares. O Irã quer que a Rússia lhe dê uma força e acelere seu programa nuclear. Em 24 de outubro, o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky alertou:

"em oito meses de guerra total, a Rússia lançou aproximadamente 4.500 mísseis contra nós. E o estoque de mísseis está diminuindo. Portanto, a Rússia saiu à procura de armas com preços competitivos em outros países para continuar sua aterrorizante guerra. Encontrou-as no Irã."

Zelenski acrescentou:

Continue lendo o artigo

França Degringola para a Barbárie e o Caos

por Guy Millière  •  20 de Novembro de 2022

Recentemente, Lola, uma francesinha de 12 anos, foi estuprada e assassinada em Paris por uma imigrante ilegal da Argélia. Na França, os imigrantes ilegais cometem cerca da metade dos crimes. Assassinatos hediondos como os de Lola ocorrem quase todos os dias. O psiquiatra Maurice Berger relata que crimes de violência gratuita com lesão corporal ou morte acontecem, em média, a cada dois minutos na França. A França registra mais de duzentos estupros por dia. Foto: manifestantes com retratos de Lola com os dizeres "Lola poderia ter sido nossa irmã caçula", Paris, 20 de outubro de 2022. (Foto: Emmanuel Dunand/AFP via Getty Images)

15 de outubro. O corpo de uma menina de 12 anos foi encontrado numa grande caixa de plástico em uma calçada na região leste de Paris. O nome dela era Lola. Ela era filha dos zeladores do prédio onde ocorreu o assassinato.

Testemunhas, impressões digitais e imagens de câmeras de segurança rapidamente levaram a polícia a prender uma mulher. Ela confessou o crime, acrescentando que não sentia nenhum remorso. Os detalhes relatados por ela, confirmados pela autópsia são os seguintes: ela amordaçou Lola com uma fita adesiva, tirou a roupa dela, a amarrou a uma cadeira, a estuprou com objetos, cortou parcialmente sua garganta, colocou o sangue em uma garrafa e o tomou, fumou um cigarro, depois terminou de cortar a garganta de Lola e a decapitou. A mulher ainda esfaqueou o cadáver várias vezes, o colocou em uma caixa de plástico e o levou para a rua.

Continue lendo o artigo

Palestinos Votam em Terroristas e Depois Dizem que os Israelenses são 'Extremistas'

por Bassam Tawil  •  15 de Novembro de 2022

Os palestinos, que insistem em reclamar da ascensão dos partidos de direita nas eleições israelenses, são os que alçaram o grupo terrorista Hamas ao poder. Em 2006, a maioria dos palestinos votou no Hamas, cujo estatuto clama abertamente a eliminação de Israel. Foto: Ismail Haniyeh, líder do grupo terrorista Hamas, vota nas eleições legislativas da Autoridade Nacional Palestina em 25 de janeiro de 2006 em Gaza City. (Foto: Abid Katib/Getty Images)

Já antes de serem anunciados os resultados das últimas eleições gerais em Israel, líderes e autoridades palestinas, segundo consta, expressaram profunda preocupação e receio de que o resultado da apuração das urnas conduzisse a um aumento das tensões e violência entre os palestinos e os israelenses.

Mohammad Shtayyeh, primeiro-ministro da Autoridade Nacional Palestina (ANP), teria dito que os resultados da eleição "confirmam" que os palestinos não têm em Israel um parceiro para a paz.

Os palestinos, que insistem em reclamar da ascensão dos partidos de direita nas eleições israelenses, são os que alçaram o grupo terrorista Hamas ao poder.

Continue lendo o artigo

Palestinos: Por que são ignorados os ataques contra os cristãos?

por Khaled Abu Toameh  •  6 de Novembro de 2022

Uma sequência ininterrupta de violentos incidentes em Belém e nas cidades circunvizinhas de Beit Jala e Beit Sahour deixaram os cristãos apreensivos quanto à sua segurança e quanto ao seu futuro sob o governo da Autoridade Nacional Palestina. Na semana passada, dezenas de muçulmanos atacaram a Forefathers Orthodox Church em Beit Sahour com pedras, ferindo inúmeros cristãos. Foto: Beit Sahour. Imagem: Iseidgeo/Wikimedia Commons)

Uma sequência ininterrupta de violentos incidentes em Belém, cidade natal de Jesus e nas cidades circunvizinhas de Beit Jala e Beit Sahour deixaram os cristãos apreensivos quanto à sua segurança e quanto ao seu futuro sob o governo da Autoridade Nacional Palestina (ANP).

Muitos cristãos que vivem nessas comunidades estão reclamando que a Autoridade Nacional Palestina deixa muito a desejar quanto à punição daqueles que atacam igrejas e empresas de propriedade de cristãos. Os perpetradores são muçulmanos que formam a maioria da população na região de Belém.

No início do corrente ano, o pastor evangélico palestino Johnny Shahwan foi preso pelas forças de segurança da ANP acusado de "promover a normalização" com Israel.

A prisão ocorreu porque Shahwan, fundador e presidente do conselho de Beit Al Liqa (Casa do Encontro) em Beit Jala, apareceu em uma foto ao lado do rabino Yehuda Glick, ex-membro do parlamento israelense, Knesset.

Continue lendo o artigo

O Engodo da Locupletação da Energia Verde
Lucros "Verdes" só Conseguem Aumentar se as Liberdades dos Cidadãos Despencarem

por J.B. Shurk  •  1 de Novembro de 2022

Os veículos elétricos são tão poderosos quanto os similares com motores de combustão interna? As energias eólica e solar têm condições de realmente de fornecer às nações redes elétricas confiáveis e robustas o suficiente e garantir que não haja constantes apagões? Há como fabricar plásticos, óleo de calefação e a maioria dos materiais sintéticos encontrados nos lares num passe de mágica, sem a utilização do petróleo? Foto: um carro elétrico em um ponto de recarga em Berlim, Alemanha. (Foto de Carsten Koall/Getty Images)

Nos livres mercados, tanto as commodities compradas quanto as vendidas têm valor de mercado. Quando um comprador e um vendedor chegam a um acordo quanto ao preço de um produto, há um "denominador comum". O valor de qualquer matéria-prima encontrada "in natura" é proporcional à sua acessibilidade. Quanto maior a disponibilidade e a facilidade de obtenção, menor será o seu valor. Um vendedor que vende rochas comuns não tem como se sustentar se o que ele vende é encontrado livremente em qualquer lugar. Se ele transacionar com ouro ou prata, diamantes ou rubis, no entanto, "rochas" difíceis de se achar, aí elas valem uma pequena fortuna. Se ao menos houvesse um jeito de transformar rochas comuns em commodities de valor!

Continue lendo o artigo

A Iniciativa Belt and Road da China Comunista está Destruindo o Meio Ambiente

por Judith Bergman  •  30 de Outubro de 2022

Os danos ambientais que a iniciativa Belt and Road da China do Partido Comunista Chinês estão causando são incomensuráveis. Recentemente o governo de Serra Leoa vendeu para a China 250 acres de floresta tropical protegida e regiões a beira-mar, redutos de ecoturismo e de raras espécies marinhas ameaçadas de extinção. Foto: Tokeh Beach em Serra Leoa, próximo do Parque Nacional Western Area Peninsula, parte da zona vendida para a China, transação que os críticos classificam de "catastrófico desastre humano e ecológico". (Foto: Issouf Sanogo/AFP/Getty Images)

Os danos ambientais que a iniciativa Belt and Road da China (BRI) do Partido Comunista Chinês são incomensuráveis . Segundo o Professor William Laurance da James Cook University em Cairns, Austrália:

"Em praticamente todos os continentes ao redor do planeta, a China está enfronhada numa impressionante diversidade de extração de recursos, fontes de energia, projetos agrícolas e de infraestrutura, estradas, ferrovias, hidrelétricas, mineração, que estão causando danos nunca vistos aos ecossistemas e à biodiversidade."

Continue lendo o artigo